São Paulo: Segunda Operação Cata-Bagulho do ano acontece na Liberdade

janeiro 11, 2012

Fonte: Prefeitura de São Paulo

Segunda Operação Cata-Bagulho do ano acontece na Liberdade

Os moradores da região da Liberdade poderão descartar neste sábado (14/1) móveis velhos, madeiras, pneus usados e eletrodomésticos quebrados.

Neste sábado (14/1), entre 7h e 12h, os moradores da Liberdade poderão descartar objetos e móveis em desuso em suas calçadas; região recebe a segunda Operação Cata-Bagulho do ano. O serviço visa reduzir o volume de despejo irregular em São Paulo, por isso percorre todas as ruas do distrito em busca de móveis velhos, madeiras, pneus usados e eletrodomésticos quebrados.

 

O distrito – delimitado pela Avenida 23 de Maio, Viaduto Jaceguai, Rua Jaceguai, Avenida Radial Leste-Oeste, Viaduto Radial Leste-Oeste, Viaduto do Glicério, Avenida Prefeito Passos, Rua Otto de Alencar, Rua Teixeira Mendes, Rua do Lavapés, Rua Francisco Justino de Azevedo, Avenida Lacerda Franco, Rua Cel. Diogo, Rua Ximbó, Rua José Patrocínio, Rua Batista Cepelos, Rua do Paraíso, Viaduto Paraíso, Rua Ramón Penharrubia e Rua Álvares Guimarães – receberá equipes, programadas pela Subprefeitura Sé. Em 2011, a Liberdade recolheu 137 toneladas.

 

É importante ressaltar que o despejo de irregular de lixo e entulho é crime, passível de multa, quando ocorrido flagrante, de até R$ 12 mil. Tal ato inviabiliza o escoamento correto das águas torrenciais, causando enchentes. É fundamental a conscientização da população, principalmente com a aproximação do verão, que traz elevação nas temperaturas e, com isso, maior frequência de chuvas e temporais.

 

Em 2011, as 48 edições do serviço recolheram 1065 toneladas na região central de São Paulo.

 

Ecopontos

 

O serviço de Cata-Bagulho, no entanto, não recolhe lixo domiciliar, nem resíduos gerados pelas atividades de construção civil, como fragmentos de tijolo, areia, cimento, entre outros.

 

Para o descarte em menor escala, de até 1 m³ de entulho, o que corresponde a uma caixa d’água de mil litros ou 25% de uma caçamba, pode ser feito nos Ecopontos. A região central possui quatro Ecopontos em funcionamento: Glicério, Liberdade, Armênia e Barra Funda.

 

Já os grandes geradores de entulho devem contratar uma empresa cadastrada na Prefeitura, que faz a retirada, transporte e o descarte de forma apropriada. A relação dessas empresas está no site da Secretaria de Serviços.

 

Lixo eletrônico

 

A Central de Triagem de Lixo Eletrônico, localizada na Barra Funda, é a primeira da Cidade a recolher e reaproveitar eletrodomésticos como televisões, rádios, microondas, peças de computador, monitores, teclados, mouses, aparelhos telefônicos e fotográficos, dentre outros. Os interessados em se desfazer de peças eletrônicas podem levá-las gratuitamente até Central, ou ainda, solicitar a retirada dos objetos pelo telefone 3666-0849. Mais informações no site www.coopermiti.com.br.

 

Serviço

 

Cata-Bagulho na Liberdade

Data: 14 de janeiro

Horário para depósito de materiais: das 7h às 12h

 

Ecoponto Glicério

Avenida do Estado, esquina com rua Nova, Baixos do Viaduto Glicério

Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 8h às 18h. Domingo, das 7h às 14h

 

Ecoponto Liberdade

Rua Jaceguai, 67, próximo ao Viaduto Guilherme de Almeida e Avenida Liberdade

Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 8h às 18h. Domingo, das 7h às 14h

 

Ecoponto Armênia

Local: Rua General Carmona, 140; próximo à Avenida Tiradentes, altura da Praça Bento de Carmago Barros

Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 8h às 18h. Domingo, das 7h às 14h

 

Ecoponto Barra Funda

Rua Sólon (Baixos Viaduto Engº Orlando Murgel)

Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 8h às 18h. Domingo, das 7h às 14h

 

Central de Triagem de Lixo Eletrônico – Coopermiti

Local: Rua Doutor Sérgio Meira, 268 – Barra Funda

Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 8h às 17h. Sábado, das 9h às 13h

 

 

 

 



Veja também em São Paulo



  • Presidente do Data Popular cobra políticas públicas para as favelas

    O presidente do Instituto Data Popular, Renato Meirelles, disse hoje (30) que as favelas precisam de mais políticas públicas e as populações residentes estão cada vez mais cientes disso. Segundo ele, os recentes processos de pacificação não são solução

  • Contas do segundo quadrimestre de 2014 são apresentadas na Câmara Municipal

    Texto: Luana Cavalcante/SecomFotos: Paulo Giovanni/Secom Para informar a população sobre os constantes investimentos da administração municipal e para garantir mais transparência nos serviços prestados à cidade, a Prefeitura realiza, a cada quadrimestre, o relatório de gestão fiscal. A reunião, conduzida

  • Dia do Idoso é comemorado com ativividades recreativas e missa em Ação de Graças

    Texto: Tatiana Gonçalves/Secom Arte: Departamento de Publicidade/Secom Muita atividade física com garantia de diversão e outras atividades foram preparadas para esta quarta-feira, 1º, em comemoração ao Dia do Idoso. Os profisisonais do Hospital Dia do Idoso organizaram uma

  • Dada a largada para a 26ª Festa das Etnias

    Dada a largada para a 26ª Festa das Etnias Abertura ocorreu na noite desta terça-feira (30)Data de inclusão do conteúdo: 30/09/2014 Última Atualização: 30/09/2014/ Fotos: Cristian PereiraTexto: João Pedro Alves Um novo tempo da Festa das Etnias descortinou-se nesta terça-feira

Últimos termos buscados:

  • operação cata bagulho zona leste

Comentários estão encerrados.

Next post: