Ribeirão Preto: Empresários anunciam que Base de Armazenamento de Combustíveis da Redepetro em Ribeirão Preto começa a funcionar até outubro

agosto 9, 2011

Fonte: Prefeitura de Ribeirão Preto

Ribeirão Preto, 10 de Agosto de 2011

Empresários anunciam que Base de Armazenamento de Combustíveis da Redepetro em Ribeirão Preto começa a funcionar até outubro
Projeto do Pólo de Petróleo de Ribeirão Preto, que recebeu investimento de mais de R$ 50 milhões, conta com apoio do Governo Municipal para instalação e funcionamento em Ribeirão Preto

 

Foto: Roberto Galhardo
 
Investimento e desenvolvimento: Marinho Sampaio e Layr Luchesi Junior recebem empresários representantes do novo Polo de Ribeirão Preto de Petróleo

 
O vice-prefeito de Ribeirão Preto, Marinho Sampaio, e o secretário municipal da Casa Civil, Layr Luchesi Junior, receberam na manhã desta terça-feira, dia 9, no Palácio Rio Branco, os empresários Pedro Esrael Bighetti (Copercana) e Celso Jordão (Redepetro), que acompanhados do vereador Leo Oliveira, vieram informar ao governo municipal que até outubro estará em funcionamento a Base de Armazenamento de Combustíveis no Pólo de Petróleo Ribeirão Preto, instalado na Rodovia Alexandre Balbo (SP 328), no Anel Viário Norte.

Aos representantes da Prefeitura Celso Jordão, da Redepetro, lembrou que o projeto do Polo teve início a partir do ano de 2000, numa ação com a Petrobrás, e se consolidou por meio de um consórcio de empresas distribuidoras de petróleo como a RUFF, Tower, Petroball, Redepetro e R.M. Petróleo. A meta é fazer do Polo de Ribeirão Preto um centro de distribuição de combustível que deverá alcançar um raio de mais de 100 km, atendendo a toda a região de Ribeirão Preto.

A Base da Redepetro, instalada neste Polo, terá capacidade de armanezamento de 10 milhões de litros de combustível, que virão da refinaria de Paulínia, por meio de dutos, e deve começar a funcionar em outubro, faltando apenas concluir o processo burocrático.

A instalação do Polo de Petróleo, que vem sendo acompanhada de perto pela Prefeitura de Ribeirão Preto, recebeu investimento de mais de R$ 50 milhões. “O Polo objetiva garantir a qualidade dos produtos, por meio do processo de dutos e bases primárias de armazenamento e, com isso, permitir maior competitividade entre as distribuidoras que queiram atuar na região de Ribeirão Preto (uma vez que o frete por duto é menor que o frete rodoviário)”, completa Pedro Esrael Bighetti, diretor da Copercana. “Outra ideia é facilitar a logística das empresas distribuidoras para atuar na região”, acrescenta o vereador Léo Oliveira, que acompanha o projeto desde o seu início.

O vice-prefeito Marinho Sampaio disse que o município e a região ganham muito com a instalação deste polo. “Este empreendimento irá beneficiar o crescimento tecnológico da nossa região e influenciar o desenvolvimento de novos mercados para este setor”, afirmou ele. Outro grande benefício para a cidade é que a instalação e funcionamento das bases do Polo gerarão muitos empregos diretos. “Quanto à Base da Redepetro todas as tratativas já estão prontas. Basta agora somente uma pendência burocrática para entrar em funcionamento”, informa Marinho.

Marinho destaca que o governo municipal tem dado todo o apoio na instalação deste polo, que representa uma atividade moderna e que contemplará todo o setor, trazendo desenvolvimento para a cidade e região. “Para nós é um prazer acompanhar o funcionamento deste Polo de Petróleo, que desde o começo de suas obras tem utilizado logística moderna e atenderá com eficiência e qualidade o setor de combustível”, emenda Luchesi Junior, da Casa Civil.  



Outras em Ribeirão Preto



Últimos termos buscados:

  • petroball ribeirao preto
  • coopercana distribuidoras de combustiveis

Comentários estão encerrados.

Next post: