Macaé: Prefeitura inaugura Centro de Assistência Social na Nova Esperança e na Serra

março 13, 2012

Com o objetivo de beneficiar mais famílias em situação de risco social com programas sociais, a Prefeitura de Macaé, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, inaugura esta semana mais dois Centros de Referência de Assistência Social (Cras). Desta vez, as comunidades beneficiadas são Nova Esperança (pacificada recentemente), e Trapiche, na região serrana, com área de abrangência para a Bicuda Grande e Pequena, Córrego do Ouro, Glicério, Sana e Frade.

No bairro Nova Esperança, o Cras será inaugurado nesta sexta-feira (16), às 15h, no antigo centro comunitário das obras do Programa de Aceleração do Crescimento do Governo Federal. A sede terá o desafio de atender a população que ao longo de anos ficou excluída dos serviços sociais. A sede definitiva desse Cras será construída com a conclusão das obras do PAC 2, prevista para 2014. Já o Cras do Trapiche será inaugurado no sábado (17), às 10h.

De acordo com a secretária de Desenvolvimento Social, Nilmara Valadares, a ampliação dos Cras é uma questão de política social apoiada pelo prefeito Riverton Mussi para que todas as pessoas que vivem em situação de fragilidade decorrente da pobreza ou com ausência de renda tenham acesso ao atendimento socioassistencial.

- Com a inauguração de mais dois Cras, que são a porta de entrada de programas municipal, estadual e federal cumprimos uma politica social que deve implementada nas comunidades. Temos o apoio do prefeito para estender os serviços de assistência social às pessoas que se encontram em situação de risco. Na Serra de Macaé, há uma forte demanda aos serviços sociais e a comunidade da Nova Esperança, depois de pacificada clama por benefícios às famílias – pontuou.

O Cras é um espaço destinado a ações de integração com a comunidade, visando o acompanhamento das famílias de baixa renda por meio de visitas domiciliares, reuniões e atividades socioeducativas diversas, bem como o fortalecimento dos vínculos de solidariedade. Dentre as ações ainda estão previstas atuação preventiva, evitando que as famílias tenham os direitos violados, recaindo em situações de risco. Atualmente, a Prefeitura atende mais de sete mil pessoas (1800 famílias cadastradas) nos Cras da Aroeira, Aeroporto e Botafogo. Com o funcionamento de mais dois Centros e em função da densidade populacional crescente nas duas localidades a procura pelos programas sociais deverá subir.

Inicialmente, será implantado nos dois Cras o Paif- Serviço de Proteção Integral a Família, que prevê ações como: Acolhida, visita domiciliar, orientação e encaminhamentos aos setores públicos, grupos de famílias, cadastramento socioeconômico para o PBF- Programa Bolsa Família/CadÚnico, acompanhamento das famílias em descumprimento de condicionalidades do PBF e de idosos e pessoas com deficiência beneficiárias do BPC, elaboração de prontuários, conhecimento do território, comunicação e defesa de direitos; Atividades comunitárias e cursos de geração de renda, entre outros.

Segundo a coordenadora dos Centros de Referências, Patrícia Mendonça, a inauguração do Cras da Nova Esperança se deve à parceria criada com a equipe técnica do PAC, que identificou a importância de implantar um trabalho social junto às famílias da localidade, após a pavimentação, saneamento básico e construção das moradias do bairro.

- Na comunidade da Nova Esperança, que tem como área de abrangência a Nova Holanda e a Piracema contamos também com o apoio da secretaria de Educação na cessão de profissionais, essenciais aos serviços. Além do Paif implantaremos o Projovem, destinado a atender jovens de 15 a 17 anos em situação de risco e vulnerabilidade social, tendo como objetivo criar condições para a inserção, reinserção e permanência do jovem no sistema educacional. Isso reforça a convivência e fortalece os vínculos familiares – disse.

Pólo da Serra – Com área de abrangência na Bicuda Grande e Pequena, Córrego do Ouro, Glicério, Sana e Frade, o Cras da Serra, localizado na Estrada Macaé Glicério (RJ 162 Km 64) vai disponibilizar o espaço físico que possibilita o desenvolvimento de diversas ações junto a comunidade, com área livre e campo de futebol, numa localização central, que busca atender todos os distritos da região serrana.

A coordenadora do Cras serrano, Rosimere Pinheiro informou que nesse pólo haverá ações itinerantes nos distritos por causa da dificuldade de locomoção das pessoas para buscar seus direitos e que, por isso, a equipe técnica se deslocará até as comunidades mais afastadas para levar, por exemplo, o cadastro do Programa Bolsa Família, orientações e outros serviços que o CRAS pode oferecer. Ela confirmou a parceria da iniciativa privada somando com as políticas municipais.

- Buscamos conexões entre diferentes organizações com parcerias com a iniciativa privada, onde temos a empresa Transforma Gerenciamentos de Resíduos como amiga do CRAS, em articulação com a rede socioassistencial e estamos em viabilização de parceria com a Emater/RJ para programas de geração de renda – assegurou.



Outras Notícias em Macaé



  • Linhares registra queda no número de casos de HIV

    Linhares registra queda no número de casos de HIV[ PorSimone Kobe |30/07/2014 ]Tratamento no Brasil é referência mundial, gratuito e sigilosoA agência da ONU - Organização das Nações Unidas, que se dedica à luta contra a Aids, Uniaids, divulgou um relatório anual cujo

  • Cras leva teatro às famílias do bairro Interlagos

    Cras leva teatro às famílias do bairro Interlagos[ PorTiago Cau |30/07/2014 ]A principal tarefa dos Centros de Referência e Assistência Social - Cras - é fortalecer o vínculo familiar.Na noite desta terça-feira, 29, o Centro de Referência e Assistência Social

  • Mediador diz que moratória argentina é iminente e cidadão será prejudicado

    A Argentina vai entrar em “moratória iminente”, que é um “acontecimento doloroso”, e vai "machucar pessoas reais”, disse o advogado americano Daniel Pollack, em duro comunicado, divulgado nesta quarta-feira (30) após o fracasso das negociações entre o governo argentino e

  • Sete Lagoas celebra o Dia do Ferroviário

    Comemorado no dia 30 de abril, o Dia do Ferroviário também faz parte da história de Sete Lagoas, já que a cidade teve seu crescimento urbano e social marcado pela ferrovia. A direção dos Museus, juntamente com a Prefeitura Municipal/Secretaria

Últimos termos buscados:

  • cras macaé

Comentários estão encerrados.

Next post: