Campos dos Goytacazes: Mais de 6 mil qualificados pela prefeitura de Campos

agosto 8, 2011

Fonte: Prefeitura de Campos dos Goytacazes

Mais de 6 mil pessoas foram qualificadas profissionalmente pela prefeitura para o mercado de trabalho, através da Secretaria de Trabalho e Renda, de janeiro de 2009, até julho deste ano, nas áreas off-shore, portuária, marítima, gastronômica e de segurança, entre outras. Segundo a secretária Cecília Ribeiro Gomes, 6.265 alunos concluíram os cursos. “A maioria está inserida no mercado de trabalho”, destaca.

Salvatagem, auxiliar de plataforma, soldagem, cozinheiro, taifeiro, ajudante de cozinha, cozinheiro, inglês técnico, logística portuária, segurança na movimentação de cargas, assistente administrativo e técnico de informática e formação de vigilantes, estão entre os cursos oferecidos. 

- Estamos qualificado profissionais que o mercado está precisando. As pessoas não podem parar de se qualificar, porque o mercado está cada vez mais exigente – enfatiza a secretária de Trabalho e Renda.

Vagas abertas - A Secretaria de Trabalho e Renda está com inscrições abertas para nove cursos na área de segurança privada, em parceria com a Academia de Formação de Vigilantes (Aforvig). São oferecidas 1.620 vagas com bolsas de 30%. Segundo a secretária Cecília Ribeiro Gomes, as inscrições vão até o preenchimento das vagas.
Os cursos oferecidos são os seguintes: Formação de Vigilante Patrimonial, Extensão em Transporte de Valores, Extensão em Escolta Armada, Segurança Pessoal Privada, Reciclagem Patrimonial, Reciclagem em Transporte de Valores, Reciclagem em Escolta Armada, Reciclagem em Segurança Pessoal Privada e Treinamento para Porteiros e Vigias.

Os candidatos devem ter idade mínina de 21 anos. A escolaridade mínima exigida é o 5º ano do ensino fundamental, antiga 4ª série do primeiro grau. Os interessados devem comparecer à sede da secretaria de Trabalho e Renda, na Rua Marechal Floriano, 255, esquina com a Rua Saldanha Marinho, Centro, de segunda à sexta-feira, das 9h às 17h, levando cópias dos seguintes documentos: identidade, CPF e comprovantes de residência e escolaridade.

- Esta é uma ótima oportunidade para ingressar nos cursos, uma vez que haverá uma alteração do grau mínimo de escolaridade que passará para o 9º ano do ensino fundamental, antiga 8ª série – informa Cecília.

Mais 940 vagas – Também estão abertas as inscrições para os Cursos de Plataformista, Soldagem com Especialização em Eletrodo Revestido e Segurança na Movimentação de Cargas, em parceria com a Hiperlink. Ao todo são 940 vagas com bolsas de 90%, 70% e 50%. Os candidatos devem ter no mínimo 18 anos e 9º ano de escolaridade, antiga 8ª série do 1º grau.

As inscrições vão até o preenchimento das vagas. Os interessados devem comparecer à secretaria de Trabalho e Renda, de segunda à sexta-feira, das 9h às 17h. Os documentos necessários são os seguintes: identidade, CPF e comprovantes de residência e escolaridade.

- Os cursos de qualificação profissional oferecidos pela prefeitura possibilitaram a realização do meu sonho: trabalhar embarcado e poder proporcionar melhor qualidade de vida a minha. A afirmação é de Vanilson dos Santos Freitas, que trabalha como cozinheiro, em uma empresa de Macaé. A contratação foi feita através do Balcão de Emprego Municipal, órgão da Secretaria de Trabalho é Renda.

Vanilson fez os cursos de cozinheiro e de padeiro, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), e de Salvatagem, em parceria com a West Group. “Eu só tenho agradecer à Prefeita Rosinha Garotinho pela oportunidade de qualificação profissional que ela abriu para as pessoas carentes”, ressalta.

- Eu estava desempregado. Se não fosse a bolsa de 100% eu não teria condições de pagar os cursos, mesmo que eu tivesse trabalhando, pois sou casado e tenho quatro filhos – afirma.

Com um salário de R$ 1.350, mais adicional noturno, os vencimentos de Vanilson chegam a R$ 1.480 para trabalhar 14 dias e folgar outros 14. “Eu tenho ainda, planos de saúde e odontológico para mim e para minha família. Estou muito satisfeito, porque na empresa eu tenho oportunidade de crescer”, conta.

Vanilson foi contratado como ajudante de cozinha. Dois meses depois, foi promovido a cozinheiro. “É um sonho que se realiza. “Eu trabalho em uma empresa que tem uma estrutura muito boa, com salas de vídeo e de internet, academia e telefone à vontade para ligar para a família”, comemora. Ele pretende aproveitar os dias de folga de para trabalhar no seu próprio negócio.

- Na aula inaugural dos cursos, no Senac, a prefeita Rosinha Garotinho disse que os cursos serviam tanto para embarcar como para montar o seu próprio negócio. Já estou me preparando para montar o meu com quentinha, para trabalhar quando estiver em terra e aumentar a renda familiar – completa Vanilson.

Laboratório de Soldagem

A Prefeitura de Campos é a primeira da região a contar com um Laboratório de Soldagem, instalado na Secretaria de Trabalho e Renda, para aulas teóricas e práticas para os 25 alunos do Curso de Especialização em Soldagem, que é gratuito.  “Este laboratório faz parte de um projeto da prefeita Rosinha Garotinho de qualificar mil soldadores até o final deste ano”, informa a secretária Cecília Ribeiro Gomes.

- Estamos qualificando soldadores para atender à demanda do Porto do Açu e do Complexo Logístico Farol-Barra do Furado. A nossa previsão é abrirmos novas turmas, porque a demanda para esta área é grande e a procura pelo curso também – ressalta a secretária, lembrando que 40 soldadores já se qualificaram gratuitamente. “O laboratório de Soldagem vai ser utilizado para aulas teóricas e práticas, facilitando a vida dos alunos, que antes tinham que ir a outro local para a aula prática”, completa.

Segundo o coordenador e professor do curso, José Armando Gomes Gonçalves, que é inspetor de solda N1, o salário inicial de um soldador varia de R$ 1,5 mil a R$ 2 mil. “Há carência de profissionais no mercado. Até o final deste ano, o Porto do Açu vai contratar 2.500 soldadores”, enfatiza.

O professor de capoeira, Joel da Silva Gonçalves Júnior, é um dos alunos do curso. “Este curso é a melhor opção, devido à carência de profissionais no mercado. Eu não fiz o curso antes, porque não tinha condições de pagar. O curso gratuito oferecido pela prefeitura é uma oportunidade única, temos que abraçá-la”, afirma.

Postado por: Thábata Ferreira – 08/08/2011 10:42:00

Últimas Notícias…



Mais em Campos dos Goytacazes



Últimos termos buscados:

  • curso de salvatagem em campos dos goytacazes
  • Aforvig que dia vai ter turma para reciclagem d vigilante campos do goitacases
  • Curso de especialIzação e renda de campos dos goytacazes

Comentários estão encerrados.

Next post: