Belo Horizonte: Umeis são referência de educação infantil na cidade

setembro 20, 2011

Fonte: Prefeitura de Belo Horizonte

As Unidades Municipais de Educação Infantil (Umeis), que atendem crianças de zero a 6 anos estão com as inscrições abertas para preenchimento de vagas até o dia 30 de setembro. Poderão concorrer crianças nascidas a partir de 1º de abril de 2006 e residentes em Belo Horizonte. Para as crianças com deficiência ou sob medida de proteção, com documento que comprove esta condição, a matrícula é compulsória.

Os pais devem ficar atentos pois somente profissionais de Educação, em exercício nesses locais, estão habilitados a receber as inscrições, que são gratuitas. A Prefeitura destina 70% das vagas nas Umeis ao público de maior vulnerabilidade social. As vagas restantes (30%) são preenchidas por meio de sorteio público.

As inscrições estão sendo realizadas nas unidades escolares que atendem a educação infantil, de acordo com o horário estabelecido pela secretaria de cada instituição. No ato da inscrição, os interessados devem apresentar os seguintes documentos: certidão de nascimento e de vacina da criança atualizado ou cartão do centro de saúde que atende à família, comprovante de residência recente (conta de luz ou de água), comprovante do local de trabalho de um dos pais e comprovante de guarda judicial da criança, quando for o caso.

Gerente de Coordenação da Educação Infantil da Secretaria Municipal de Educação (Smed), Mayrce Terezinha de Freitas explica que a proposta pedagógica para a rede municipal está sendo sistematizada em um documento denominado “Desafios da Formação – Proposições Curriculares para a Educação Infantil”. A elaboração desta proposta envolveu os profissionais das instituições da rede municipal e das creches conveniadas com a Prefeitura de Belo Horizonte. Para melhor qualificar as proposições, foi utilizada uma assessoria externa, como intercâmbios com países com experiências positivas e diferenciadas com a educação infantil como a Itália, Moçambique e França. Desse modo, as crianças têm aguçada a curiosidade com palavras e sotaques estrangeiros que estão sendo incorporados no cotidiano escolar.

Modernidade

A Smed, com o objetivo de investir no aprofundamento do uso das diversas linguagens digitais, tem adquirido equipamentos de informática. Além do projeto de um computador por aluno que está sendo elaborado, todas as unidades já receberam aparelhos de DVD, televisores e máquinas fotográficas. Segundo Mayrce, esses equipamentos compõem as possiblidades para a perfeita utilização das linguagens digitais desde a infância.

Para trabalhar em uma Umei existe concurso específico, com exigência mínima do ensino médio, modalidade normal. No entanto, vários educadores têm nível superior, pós-graduação e mestrado. Não existe na educação infantil auxiliares de nível técnico. A Prefeitura concebe a educação para infância na perspectiva do cuidar e educar ao mesmo tempo. Por esse motivo, todos os educadores envolvidos na relação ensino-aprendizagem passam por ações de formação em serviço oferecidas pela Smed ou planejadas pela própria instituição.

Atualmente, são vários os formatos de atendimento para a educação infantil em Belo Horizonte. Existem 13 escolas municipais de educação infantil, sendo que duas atendem crianças de zero a 6 anos e as demais de 3 a 6 anos; 29 escolas de ensino fundamental com turmas de educação infantil; 61 Unidades Municipais de Educação Infantil (Umeis) e 193 instituições de educação infantil privadas comunitárias, filantrópicas e/ou confessionais conveniadas com a Prefeitura de Belo Horizonte. A política para atendimento à criança é garantida tanto na rede própria quanto na rede conveniada. Atualmente são atendidas 42.412 crianças.

Parceria

Além disso, a Smed oferece por meio da parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) a pós-graduação em educação infantil. Há o Seminário Infância na Ciranda da Educação, realizado anualmente, enfocando temas pertinentes ao aperfeiçoamento da proposta pedagógica das instituições. Posteriormente, são distribuídas para todas as instituições uma publicação, contendo a sistematização de palestras e projetos apresentados durante o seminário.



Outros posts em Belo Horizonte



  • PBH oficializa o Noturno nos Museus de BH

    Por meio do Decreto 15.622, publicado no Diário Oficial do Município (DOM) de terça-feira, dia 22, o prefeito Marcio Lacerda oficializou o evento Noturno nos Museus de Belo Horizonte, que passará a ser realizado anualmente pela Fundação Municipal

  • Prefeitura divulga projeto arquitetônico do Centro Administrativo

    A Prefeitura de Belo Horizonte divulgou nesta terça-feira, dia 22, o resultado do Concurso Público Nacional de Projetos de Arquitetura para o Centro Administrativo do Município de Belo Horizonte, em sessão pública realizada na Secretaria Municipal de Planejamento,

  • Arquivo Público da Cidade lança revista eletrônica aberta a contribuições

    A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Fundação Municipal de Cultura, lança nesta quarta-feira, dia 23, a primeira edição da Revista Eletrônica do Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte. O lançamento acontece no auditório Amintas de Barros, na

Últimos termos buscados:

  • umeis de belo horizonte
  • umei bh
  • concurso umei bh
  • Como fasso para trabalha na umei
  • umei petropolis bh
  • trabalhe conosco umei bh
  • trabalhe conosco Umei
  • ministerio da educacao no Brasil na cidade deBelo Horizonte
  • incricao umei santa branca bh
  • concursoumei bh

Comentários estão encerrados.

Next post: